Enquanto a noite não chega, fingimos não ver o tempo passar

Um livro sobre a solidão e a brevidade da vida Um dos meus escritores preferidos é o Josué Guimarães (1921 – 1986). O jornalista gaúcho publicou quase 30 livros entre romance, não-ficção e reportagem. Minha coleção dos títulos dele é modesta, composta por livros encontrados em sebos e nos balaios da Feira do Livro de Porto Alegre. O título que mais me marcou como leitora … Continuar lendo Enquanto a noite não chega, fingimos não ver o tempo passar

E por aqui, nada de novo no front

A tristeza da primeira guerra contada por um jovem soldado alemão Em alguma madrugada perdida dos meus anos 1990, eu procurava por distração na programação de TV aberta. Parei em um determinado canal. Em preto e branco, alguns soldados se banhavam num rio e brincavam na água como crianças. Umas mulheres jovens apareceram de uma das margens e fizeram sinais de convite para os garotos. … Continuar lendo E por aqui, nada de novo no front